Terapia com Veneno de Abelha
Medicina Veterinária Integrativa

Terapia com Veneno de Abelha

A terapia que recorre ao uso de Veneno de Abelha em Medicina Veterinária é exclusiva à espécie Apis mellifica.

O veneno recolhido desta espécie possui cerca de 40 componentes de base solúvel, entre os quais componentes anti-inflamatórios como a melitina, apamina e peptídeo 401, adolapina e inibidores de proteases. Para que se compreenda o poder de alguns destes componentes, a melitina é 100 vezes mais potente que a hidrocortisona (um antiinflamatório esteróide muito potente) e estabiliza a a membrana celular dos lisossomas protegendo-as contra agentes inflamatórios. A apamina também produz cortisona e inibe a síntese de prostaglandinas. A adolapina inibe as ciclooxigenases.
No veneno existem quantidades mensuráveis de neurotransmissores como a dopamina, serotonina e norepinefrina.

Quais as indicações para o seu uso?
– Mielopatia degenerativa
– Neurite periférica e radiculite
– Paralisia Facial
– Dor crónica
– Patologia auto-imune (lupus)
– Osteoartrite como nos casos de displasia de anca
– Dermatologia (verrugas, papilomas)
– Diminuição de tecido cicatricial fibroso.
– Redução/destruição de tecido cicatricial resultante de cirurgia

Para Mais Informações!!!
(+351) 913 829 292