Medicina Integrativa
Medicina Veterinária Integrativa

A evolução do conceito inicial em 2008 de Holístico ocorre de forma natural com o incorporar de um número cada vez maior, de técnicas de diagnóstico e tratamento nos cuidados prestados aos nossos pacientes.

Evoluiu também a consciência de que o termo Integrativo é o termo que permite esclarecer melhor a interação constante entre diversos tipos de Medicina, (Medicina Veterinária Tradicional Chinesa, Medicina Veterinária Alopática) e do qual resulta um benefício maior para os nossos animais de estimação.

O benefício que promovemos é o de um bem-estar geral, físico e comportamental, e não apenas no tratamento de sintomas.

 

Vantagens

A Medicina Integrativa oferece um maior conhecimento sobre o paciente e a patologia que apresenta.
Permite:

  • Prevenção de acordo com Tipo Constitucional para além dos conhecimentos da raça, idade, meio ambiente;
  • Tratamento com recurso a técnicas não invasivas e sem efeitos secundários como a Acupunctura, Electroacupunctura, Moxabustão, Proloterapia, Implantes de Ouro, Hirudoterapia, Fitoterapia, Quiropraxia e o uso deVeneno de abelha (Apitoxina).
  • Tratar patologias em que a Medicina Veterinária Convencional apenas consegue controlo de sintomas ou mesmo não possui ferramentas para o tratamento (ex: estomatite linfoplasmocitária felina, lúpus discóide, epilepsia idiopática).
  • Minorizar os efeitos secundários de terapêuticas convencionais (ex: quimioterapia, cirurgia, toma prolongada de antibióticos, corticosteroide e imunossupressores).

 

Missão e Objetivo

A nossa missão é tornar acessível a prática da Medicina Veterinária Integrativa a todos os animais que dela necessitem e esclarecer os proprietários e veterinários sobre as aplicações das terapêuticas utilizadas e o potencial das mesmas.

Somos veterinários formados pela Medicina Veterinária Ocidental e com experiência prática da mesma. A ela integramos práticas terapêuticas alternativas (com resultados provados e publicados, de forma profissional, responsável e racional) com o objetivo maior de promoção de bem-estar, qualidade de vida e uma maior compreensão sobre e entre os pacientes e donos.